Recife Bom de Bola

  • Notícias

Categorias Aberto e Sub 17 do Recife Bom de Bola fazem finais emocionantes na Arena de Pernambuco

04.12.2017

Futebol é emoção. No Recife Bom de Bola, o maior campeonato de várzea do mundo, não é diferente. Na manhã deste último sábado (2), as categorias Aberto e Sub 17 disputaram as finais na Arena de Pernambuco. Os dois jogos foram muito acirrados. O Poty Resenha do bairro do Totó, saiu vencedor nos pênaltis no primeiro jogo contra o Pelotas, da Torre, categoria Aberto. O União Santo Amaro venceu o Centro Esportivo do Pina no segundo jogo, por 2 x 0, categoria Sub 17. O campeonato é promovido pela Prefeitura do Recife, por meio da Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer.

Aos dois minutos do primeiro tempo, o Poty, com Hélder Alves, o camisa 9, saiu na frente marcando o primeiro gol do dia. Mas, aos 33 minutos, Luiz Henrique do Pelotas, deixou tudo igual. O jogo seguiu morno no segundo tempo e empatado, foi para decisão nos pênaltis.

Ao final, o jogador Bruno Harlan do time da Torre, perdeu o sétimo pênalti da partida e deu a vitória para o time do bairro de Totó. Esta foi a terceira taça deles no Bom de Bola e o grito de tricampeão ecoou no estádio. O Pelotas, que fez uma ótima campanha em toda a competição, comemorou a participação com muito espírito esportivo e alegria. “Fizemos um grande espetáculo. No início, nunca imaginei chegar até aqui. Vamos treinar mais pra ano que vem ganhar”, disse Renato Lima, treinador do Pelotas.

No segundo jogo do sábado, as equipes União Santo Amaro, e Centro Esportivo do Pina entraram em campo cheias de confiança. Os times Sub 17 estavam muito empolgados em competir na Arena de Pernambuco, onde equipes internacionais e alguns ídolos dos jogadores já competiram nas últimas Copas das Confederações e do Mundo no Brasil. O primeiro tempo do jogo terminou sem gols e no segundo, a bola só balançou a rede aos 23 minutos com Jeferson Fonseca do time de Santo Amaro. Seguido por ele, Wallyson Ferreira fez o segundo e decisivo gol que coroou a vitória do União.

“Trazer os times aqui para a Arena de Pernambuco incentiva e motiva os jogadores ainda mais. Estar aqui é uma emoção impagável. Isso é parte do que oferecemos para eles com o campeonato. Este ano, os melhores do Sub 17, por exemplo, ganharão bolsas de estudos na Uninassau. Tivemos 386 times inscritos de praticamente todos os bairros da cidade e de idades variadas. Isso é a gestão pública do Prefeitura do Recife, integrando dando oportunidades a todos”, comemorou a secretária executiva de Esportes do Recife, Yane Marques.