Recife Bom de Bola

  • Notícias

Recife Bom de Bola 2017 se despede dos gramados repleto de emoções

14.12.2017

Garra, perseverança e força de vontade foram fatores determinantes na edição 2017 do Recife Bom de Bola, o campeonato de futebol de várzea promovido pela Prefeitura do Recife, por meio da Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer. Neste sábado e domingo, o torneio chegou ao fim, com os últimos jogos do cronograma. Foram mais de 580 jogos, 396 times em campo e emoção num quantitativo imensurável.

 No último domingo (10), pela categoria Sub 15, o Jovem Mirim, de San Martin, venceu o por 2×1 o Centro Esportivo União da Gávea, dos Torrões, na Arena de Pernambuco.  “Essa sensação de hoje é a melhor possível. É ver o resultado de muito trabalho que foi realizado durante todo esse ano. Não tenho palavras pra descrever nossa felicidade porque foi muito esforço que nos trouxe aqui”, afirmou o treinador do Jovem Mirim, Victor José de Oliveira.

 O dia contou ainda com as meninas da categoria Feminino Aberto em campo. Levou a melhor o time Jóias Raras, representando Casa Amarela, que venceu nos pênaltis o Revelação, de Cajueiro Seco. “Com mais esse título, somos tetracampeãs e é uma emoção muito grande viver isso num campo de Copa do Mundo. É também uma oportunidade imensa mostrar o desempenho feminino dentro do futebol”, Fabiana Carla, treinadora do Jóias Raras.

 A Escolinha Modelo do Totó foi a campeã da categoria Sub 11, na disputa realizada no sábado (9), no campo do Arruda. O segundo lugar ficou pro Centro Excelência Nova Geração de Parnamirim.

O Recife Bom de Bola é dividido em sete categorias. Na semana passada, já havia sido revelado os vencedores Poty Resenha, na Categoria Aberto; o União Santo Amaro no Sub 17; o CT Barão, pela categoria Sub 13; e o Internacional, na categoria Veterano.

A secretaria executiva de esportes do Recife, Yane Marques, entregou os troféus dos primeiros e segundos lugares durante este último dia de campeonato. “Nosso balanço geral para esse campeonato foi muito positivo, ficamos muito felizes com o envolvimento de todas as comunidades”, afirmou. A secretária ainda acrescentou que a execução do programa continua com a preparação para a edição do próximo ano. “Vamos ouvir novamente todos que participaram para fazer uma entrega da edição 2018 ainda melhor”.